6 de dez de 2012

Hyvää Itsenäisyyspäivää Suomea!


  Hoje na Finlândia comemora-se o dia da independência. A independência finlandesa foi proclamada em 06 de dezembro de 1917. Antes a Finlândia pertencia ao grão-ducado ligado ao império russo. E por isso, hoje é feriado! :D
  Ontem na escola, tivemos uma programação especial devido ao dia de hoje. Os alunos tinham duas opções: a) assistir a um filme relacionado a história finlandesa b) assistir a um show de talentos dos alunos. Eu escolhi a segunda opção, porque eu nao iria entender nada do filme...
  Várias bandas de alunos da minha escola se apresentaram por mais ou menos 1 hora e meia. Alguns tocavam e cantavam muito bem, bem até demais, mas outros, nem tanto...
 
  Depois tivemos um break pro almoço, e tivemos uma comida especial, suco de laranja e chocolate! :D E depois disso, tivemos que voltar pra esse lugar onde aconteceram os shows para outra apresentações.

  Foram mais algumas pessoas cantando, uma apresentação de dança (muito foda, tenho que dizer) e depois fomos liberados, perto da uma da tarde. 
  De fora estava -16ºC. Delíiiiicia!
  Hoje, como é um dia especial, a programação foi diferente também. Bom, o dia da independência aqui não é muito alegre, porque eles se lembram dos seus combatentes de guerra e por todo o país se tem cerimonias em lembrança deles. Mas, se tem algumas tradições pra esse dia, como: assistir a um filme, que todos os anos passa as 2 da tatde, mas que por alguma razão esse ano começou mais tarde e as 19:00 tem-se um baile no Palácio em Helsinki em que o presidente convida pessoas famosas, pessoas importante para a Finlândia e etc para um baile. A tradição é ver o presidente cumprimentar todos os convidados (que dura cerca de duas horas) e falar bem ou mal dos vestidos das convidadas e algumas roupas de alguns convidados. Não estou brincando! Quando ouvi isso, achei que era exagero, mas não é e muito menos brincadeira, hahaha. 

3 de dez de 2012

Tukholma!

  No final de outubro, no feriado de outono, fui com a minha família hospedeira a Estocolmo.
  Como a Finlândia e a Suécia são bem próximas e só tem água dividindo ambas, é bem comum as pessoas irem e virem de navio e é uma viagem bem barata. É comum pessoas viajarem pela noite, passarem o dia em Estocolmo e depois voltar para a Finlândia. E foi isso que nós fizemos.
  Fomos numa sexta-feira e estávamos pela manhã de domingo. O navio tem um ambiente bem legal, com alguns restaurantes, free shop, alguns bares e váaaaarias casa niques. Meus irmãos hospedeiros mais velhos foram a loucura com as máquininhas, hahaha.
  Pela manhã, quando chegamos a Estocolmo, fomos pro centro e eu fiz alguma compras com a minha irmã hospedeira e depois fui com a minha mãe hospedeira ao velho centro. Não tivemos tanto tempo, mas pelo pouco que vi de Estocolmo, a cidade parece ser linda!


 Quando estávamos no centro de Estocolmo, tinha essa banda tocando e nossa, que energia boa eles passavam. Queria muito me lembrar do nome da banda, mas eu acabei me esquecendo. Você podia sentir o prazer de se tocar música transbordando deles.




 
  Depois voltamos pela noite para a Finlândia. Foi bem legal e fui ao deck do navio e tirei algumas fotos:


Sata päivää Suomessa!



  E aí gente! Eu queria me desculpa por não postar por esse longo tempo, mas é que eu sou bem preguiçosa e as vezes não sei o que postar, hahaha.
  Então, acho que ontem ou antes de ontem eu completei meus 100 dias na Finlândia *-*.
  Tá sendo muito legal aqui, tô aprendendo bastante, principalmente a dar muito valor ao meu país.
  Antes de vir nesse intercâmbio, eu dizia que odiava o Brasil e não entendia porque pessoas que moravam fora queriam tanto retornar ao Brasil. Agora, eu sei perfeitamente.
  Na Finlândia, por exemplo, você tem a melhor educação, tem segurança, saúde de qualidade e assim vai, mas nada que se compare a atmosfera brasileira, ao povo brasileiro. Coisas simples como o sorriso das pessoas nas ruas fazem, acreditem, faz muita falta! Eu sei que parece besteira mas isso são coisas que só pessoas que vivem fora do país entendem...
  Alguns dias atrás eu estive um pouco triste, o tão chamado "home sick". Eu acho que todo o intercambista tem isso depois que as novidades acabam, a língua se torna cada vez mais complicada, o cultura começa a pesar e você não tem tantos amigos como no seu país de origem.
  Mas nem tudo é tristeza! Fiz muitas coisas bacanas aqui e tô curtindo muito meu intercambio. Então como eu não posto a tempos, quase um mês ou mais, vou dividir em algumas postagens, pra não ficar confuso e chato.

23 de out de 2012

MAX 17



  Domingo retrasado foi o aniversário de um intercambista alemão que está na minha cidade e eu e um grupo de amigos, resolvemos fazer uma festa surpresa pra ele.
  Fui pra casa de uma amiga no sábado cozinhar algumas coisas e eu fiz brigadeiro. Sim, consegui achar leite condensado aqui. Na verdade, não fui eu quem achou e sim o meu pai hospedeiro.
  Vou contar em partes o que fizemos:
  1° - Nos preparamos para raptar o senhor Müller:

2º - Raptamos o senhor Müller: 
3º - Fizemos uma surpresa e cantamos em todas as línguas possíveis parabéns pra você: 
4º - Comemos até morrer:


Alguns clicks da festa by Frida:







22 de out de 2012

Bowling

  Duas semanas atrás, eu fui com a minha mãe, irmã mais velha e mais novo, meu irmão "do meio" hospedeiros num bowling em Pori, pra poder conhecer a diretora e encontrar com o pessoal do meu comitê. Chegamos lá até antes do horário, e a Giulia, a intercambista italiana que mora na mesma cidade que eu, e a mãe hospedeira dela, estavam com a gente. Tivemos um tempinho pra conversar antes de começar.



AFS Pori, intercambistas.
  As nove horas, horário marcado pra começar o jogo, tudo ficou escuro e começou a tocar músicas e lugaram luzes de neon e tudo mais. Ficamos jogando por uma hora e adivinhem? Perdi, claro, e feio!
  Curti essa mistura de bowling e boate, se você tiver a oportunidade, vá! HAHAH Moikka!

VLOG

  Um tempo antes pra vir pra cá, criei um vlog, mas acabei esquecendo dele e eu fiz um vídeo (na verdade, fiz vários mas eles são pesados pra colocar no youtube) e então dei um jeito em um e postei só pra dar um alô. Espero que vocês curtam! Moikka :)

7 de out de 2012

AFS Camp Turku

  Ok, eu sei que eu sou meio preguiçosa e não mereço o perdão de vocês, mas me desculpem. Já faz mais de um mês que o primeiro acampamento aconteceu e eu não postei nada. As vezes eu tenho muita vontade de postar mais coisas, mas não sei se vocês gostariam de saber detalhes sobre o meu dia-a-dia e eu sei que vocês não iriam ler textos enooormes, então, tento ir postando sobre assuntos que eu acho ser interessantes.
  Mas, vamos ao que interessa. No começo de setembro, nós, intercambistas, que estamos na área do AFS Turku, tivemos um acampamento de boas vindas, onde eles nos explicaram algumas coisas, como regras, o que fazer em certas situações, o que irá acontecer, dicas e etc.
     Tinham vários intercambistas de variadas nacionalidades.




  O melhor de tudo, com certeza, foram as gincanas e o "churrasco". É, aqui não tem churrasco como no Brasil. São umas salsichas na brasa que são uma delícia. Ah, e claro, nossa noite da sauna! SAUNA, a melhor coisa que inventaram <3

Bom, espero ansiosa o nosso próximo encontro. Kiitos paljon AFS Turku! :D


24 de set de 2012

Um mês!

  Isso mesmo, hoje estou completando meu primeiro mês aqui e posso dizer que estou amando aqui. Não entendo porque a Finlândia não é tão divulgada, porque aqui é maravilhoso!
  As paisagens são maravilhosas, tudo funciona e as pessoas são prestativas. 
   As vezes, você pode enfrentar alguns pequenos problemas. As pessoas aqui não são tão "abertas" como os brasileiros. Eles não falam muito com você de primeira, isso leva um tempo pra eles se sentirem a vontade com você e começar realmente a falar com você. Eu tenho sorte de ter uma ótima família hospedeira, e uma intercambista italiana na minha escola. Aqui, geralmente quase tudo é caro! Eu tô fazendo um curso de finlandês para estrangeiros na minha escola e a minha professora disse que não precisamos aprender a palavra "barato" porque na Finlândia tudo é caro. Claro que foi uma brincadeira, mas não deixa de ser um pouco verdade. Mas ao contrário do Brasil, aqui eles pagam sim muito mas tem tudo de volta: boas estradas, ótimos serviços e etc.
  Confesso que estou viciada nas balas finlandesas! Quase em todos lugares que você vai aqui, eles vendem essas balinhas, que você compra por peso. São tão boas e viciantes! :D
  Aqui não tem arroz e feijão como no Brasil. Todo dia eles fazem algum prato diferente. Quando eu disse pra uma amiga que no Brasil a gente come isso todo dia, ela me perguntou se não enjoamos de comer isso todo dia.
 Nossa, que falta faz um brigadeiro! Se você está no Brasil, no seu próximo brigadeiro, lembrem-se de mim! Haha.
  O tempo tá passando tão rápido e até agora tudo tem sido tão maravilhoso. Obrigada a todos que estão fazendo essa minha estádia aqui tão especial! Moi <3

11 de set de 2012

"Choques culturais"

  Na minha primeira hora na Finlândia, já tive problemas. Entrei no banheiro do aeroporto com a Hiohana e estava procurando por papeis toalha até que eu achei uma toalha que não saía. Tive que pedir ajuda e adivinhem, a toalha não sai, tipo, as duas pontas são pregadas e você puxa um pouco, enxuga sua mão e a toalha volta.
  Quando cheguei em casa, por minha sorte, minha irmã hospedeira estava na minha frente e ela tirou o sapato. Eu olhei pro lado, pro chão e vi que tinha tipo uma prateleira cheia de sapatos e o chão também e então arranquei os meus.
   Nos primeiros dias eu estava tendo sérios problemas com as portas, porque elas abrem pra fora e do lado oposto do que no Brasil. Até eu me acostumar, foi tenso.
  O banheiro aqui, onde você toma banho (sim, eles tem milhares de lavabos e geralmente um banheiro "completo") o chão é aquecido *-* Quando eu tô com frio, eu entro lá e fico um tempo esquentando.
  Finlandeses tomam leite em todas as refeições. Quando eu digo todas, eu não tô exagerando, é tipo no café, almoço, jantar e as refeições entre isso. Eles amam leite!
   Aqui, a mão de obra é cara, então não tem ninguém te servindo o tempo todo. Por exemplo: Quando você viaja de ônibus, não tem ninguém pra colocar suas coisas em baixo do ônibus ou um cobrador, você já entra e já paga pro motorista que já tem tipo uma maquininha que calcula o preço e tal. Outro exemplo é quando você vai pra um lugar tipo pra acampamento, depois de usar o lugar, você tem que limpar tudo e se não tiver limpo o bastante, você tem que pagar a mais por isso.
  A todo lugar que você vai, lojas, supermercados, tem muitas coisas, mas muitas mesmo do "Angry bird". Não sei se você sabe, mas esse joguinho foi feito aqui. Quando eu cheguei aqui, meu irmão hospedeiro de 10 anos já veio me mostrando o que ele tinha deles. É tipo orgulho nacional.
  Os supermercados aqui você encontra de tudo! Eu fiquei surpresa quando fui a primeira vez e encontrei Maybelline no meio de um. Ah, falando em supermercados, encontrei umas bananas lá que eles gostam mas tipo, eu pelo menos, não comia delas. Minha mãe chama de banana caturra, não sei se é o mesmo nome em todos os lugares aí. Mas não é assim tão boa.

Kolmena ensimmäisenä päivänä

  Já faz uma semana e alguns dias desde que eu cheguei aqui nesse paraíso!
  Bom, já deu pra perceber que eu estou amando aqui, né? Mas vamos começar do começo.
Dia 23 de agosto eu peguei três aviões: BH/SP; SP/Amsterdã e Amsterdã/HELSINKI <3. De SP até aqui, Finlândia, eu vim com alguns brasileiros que vão ficar esse ano aqui. Na verdade são seis: Hiohana, Matheus, Luiz, Rafael, Felipe e eu. Eu estou numa cidade perto da Hiohana, então sempre vou estar vendo ela (muito amor isso :D). Fizemos uma ótima viagem, com direito a aplausos no pouso do avião em Helsinki.

  Quando eu cheguei, eu esperei um pouco pela minha família e logo eles chegaram. Foram todos, menos meu irmão hospedeiro de 15 anos, porque ele tava num jogo dele de Hockey em alguma cidade.




  No sábado eu fui assistir ao jogo de futebol da minha irmã hospedeira e depois fomos pra casa de um amigo dela comemorar o último final de semana do verão. Depois de irmos pra lá e encontrarmos um amigos dela, fomos finalmente pra praia ver alguns fogos.
  Na domingo fomos a uma "summer cottage" do meu suposto tio hospedeiro. Tomamos sauna e depois eu pulei no lago gelaaaaaaaado! Parece loucura, mas é uma das coisas melhores do mundo, juro!
Sauna.
Summer Cottage.






19 de ago de 2012

Minun läksiäisjuhlat!

Fuxu *-*



  No último dia 14, terça feira, resolvi fazer uma festinha de despedida. Estava tudo certo, marcado às 21:00 horas, até que às 19:00 horas meu telefone toca, era o meu dentista. Final da história, tive que ir ao consultório dele e saí de lá anestesiada por conta dele ter aberto o local da minha cirurgia dos sisos, que foi duas semanas atrás, mas não fique preocupada(o), minha cirurgia foi delicada e quase nunca isso acontece.
  Cheguei na minha festa bem em cima do horário, mas graças a minha mãe, meu irmão, Olíva guei e alguns amigos tudo estava pronto. Fiquei meio apreensiva por causa da cirurgia, porque no começo estava sangrando.
  Lá pelo meio da festa, veio a surpresa! Um livro lindo com várias fotos e mensagens super fofas dos meus super amigos e junto um ursinho, mais lindo, que apelidei de Fuxu (Fubá + Julia, Fubá = Fabiana e Julia porque disseram que se parecia com ela).
  Tirei algumas fotos e apanhei um pouco da minha câmera, que não queria tirar fotos. Curti a festa e adorei ter todos meus amigos nela, mas queria que todos eles fossem, porque alguns, por alguns motivos, não foram.

 Algumas fotos da festa:





















OBS. 1:Obrigada a todos pela presença! Já sinto saudades de todos vocês!
2: Mais do que obrigada a minha mãe! Te amo mamãe.
3: MUITO obrigada pelo livro e o ursinho, fiquei MUITO feliz com esse gesto tão lindo! :D