24 de set de 2012

Um mês!

  Isso mesmo, hoje estou completando meu primeiro mês aqui e posso dizer que estou amando aqui. Não entendo porque a Finlândia não é tão divulgada, porque aqui é maravilhoso!
  As paisagens são maravilhosas, tudo funciona e as pessoas são prestativas. 
   As vezes, você pode enfrentar alguns pequenos problemas. As pessoas aqui não são tão "abertas" como os brasileiros. Eles não falam muito com você de primeira, isso leva um tempo pra eles se sentirem a vontade com você e começar realmente a falar com você. Eu tenho sorte de ter uma ótima família hospedeira, e uma intercambista italiana na minha escola. Aqui, geralmente quase tudo é caro! Eu tô fazendo um curso de finlandês para estrangeiros na minha escola e a minha professora disse que não precisamos aprender a palavra "barato" porque na Finlândia tudo é caro. Claro que foi uma brincadeira, mas não deixa de ser um pouco verdade. Mas ao contrário do Brasil, aqui eles pagam sim muito mas tem tudo de volta: boas estradas, ótimos serviços e etc.
  Confesso que estou viciada nas balas finlandesas! Quase em todos lugares que você vai aqui, eles vendem essas balinhas, que você compra por peso. São tão boas e viciantes! :D
  Aqui não tem arroz e feijão como no Brasil. Todo dia eles fazem algum prato diferente. Quando eu disse pra uma amiga que no Brasil a gente come isso todo dia, ela me perguntou se não enjoamos de comer isso todo dia.
 Nossa, que falta faz um brigadeiro! Se você está no Brasil, no seu próximo brigadeiro, lembrem-se de mim! Haha.
  O tempo tá passando tão rápido e até agora tudo tem sido tão maravilhoso. Obrigada a todos que estão fazendo essa minha estádia aqui tão especial! Moi <3

11 de set de 2012

"Choques culturais"

  Na minha primeira hora na Finlândia, já tive problemas. Entrei no banheiro do aeroporto com a Hiohana e estava procurando por papeis toalha até que eu achei uma toalha que não saía. Tive que pedir ajuda e adivinhem, a toalha não sai, tipo, as duas pontas são pregadas e você puxa um pouco, enxuga sua mão e a toalha volta.
  Quando cheguei em casa, por minha sorte, minha irmã hospedeira estava na minha frente e ela tirou o sapato. Eu olhei pro lado, pro chão e vi que tinha tipo uma prateleira cheia de sapatos e o chão também e então arranquei os meus.
   Nos primeiros dias eu estava tendo sérios problemas com as portas, porque elas abrem pra fora e do lado oposto do que no Brasil. Até eu me acostumar, foi tenso.
  O banheiro aqui, onde você toma banho (sim, eles tem milhares de lavabos e geralmente um banheiro "completo") o chão é aquecido *-* Quando eu tô com frio, eu entro lá e fico um tempo esquentando.
  Finlandeses tomam leite em todas as refeições. Quando eu digo todas, eu não tô exagerando, é tipo no café, almoço, jantar e as refeições entre isso. Eles amam leite!
   Aqui, a mão de obra é cara, então não tem ninguém te servindo o tempo todo. Por exemplo: Quando você viaja de ônibus, não tem ninguém pra colocar suas coisas em baixo do ônibus ou um cobrador, você já entra e já paga pro motorista que já tem tipo uma maquininha que calcula o preço e tal. Outro exemplo é quando você vai pra um lugar tipo pra acampamento, depois de usar o lugar, você tem que limpar tudo e se não tiver limpo o bastante, você tem que pagar a mais por isso.
  A todo lugar que você vai, lojas, supermercados, tem muitas coisas, mas muitas mesmo do "Angry bird". Não sei se você sabe, mas esse joguinho foi feito aqui. Quando eu cheguei aqui, meu irmão hospedeiro de 10 anos já veio me mostrando o que ele tinha deles. É tipo orgulho nacional.
  Os supermercados aqui você encontra de tudo! Eu fiquei surpresa quando fui a primeira vez e encontrei Maybelline no meio de um. Ah, falando em supermercados, encontrei umas bananas lá que eles gostam mas tipo, eu pelo menos, não comia delas. Minha mãe chama de banana caturra, não sei se é o mesmo nome em todos os lugares aí. Mas não é assim tão boa.

Kolmena ensimmäisenä päivänä

  Já faz uma semana e alguns dias desde que eu cheguei aqui nesse paraíso!
  Bom, já deu pra perceber que eu estou amando aqui, né? Mas vamos começar do começo.
Dia 23 de agosto eu peguei três aviões: BH/SP; SP/Amsterdã e Amsterdã/HELSINKI <3. De SP até aqui, Finlândia, eu vim com alguns brasileiros que vão ficar esse ano aqui. Na verdade são seis: Hiohana, Matheus, Luiz, Rafael, Felipe e eu. Eu estou numa cidade perto da Hiohana, então sempre vou estar vendo ela (muito amor isso :D). Fizemos uma ótima viagem, com direito a aplausos no pouso do avião em Helsinki.

  Quando eu cheguei, eu esperei um pouco pela minha família e logo eles chegaram. Foram todos, menos meu irmão hospedeiro de 15 anos, porque ele tava num jogo dele de Hockey em alguma cidade.




  No sábado eu fui assistir ao jogo de futebol da minha irmã hospedeira e depois fomos pra casa de um amigo dela comemorar o último final de semana do verão. Depois de irmos pra lá e encontrarmos um amigos dela, fomos finalmente pra praia ver alguns fogos.
  Na domingo fomos a uma "summer cottage" do meu suposto tio hospedeiro. Tomamos sauna e depois eu pulei no lago gelaaaaaaaado! Parece loucura, mas é uma das coisas melhores do mundo, juro!
Sauna.
Summer Cottage.